-->

Cultura e Educação

 

O investimento na educação é fundamental para melhorar a produtividade laboral, o desenvolvimento profissional e o crescimento económico. Nesta perspetiva, o Fundo Social Europeu contribuiu com quase 34 mil milhões de euros para medidas de apoio à educação entre 2014 e 2020. A educação tem sido um tema recorrente em muitos dos relatórios do Tribunal nos domínios do emprego e da política social.

Na qualidade de auditor da UE, o Tribunal também procura contribuir para a resolução dos principais desafios que a UE enfrentará no futuro. O Tribunal prevê que uma série de tendências transformem a educação tal como a conhecemos. A cultura digital será ainda mais essencial do que já é, e o setor da educação terá, por conseguinte, de repensar os seus programas. O problema da inadequação das competências técnicas nas gerações mais velhas pode ser agravado por um sistema educativo que não responda adequadamente às necessidades da nossa sociedade moderna em constante evolução.

O Tribunal terá em conta todos estes fatores, quando proceder à seleção das tarefas de auditoria e à formulação de recomendações para o futuro.