Special report|20d56233-5179-449f-93ac-6c9e8f3787cb
-->

did

Relatório Especial 07/2022: Instrumentos de internacionalização das PME: grande número de ações de apoio, mas coerência e coordenação insuficientes

Portuguese icpdf.png 2 MB
17/05/2022

​​O Tribunal avaliou se a política da UE que apoia a internacionalização das PME se baseia numa estratégia coerente e coordenada e se a Rede Europeia de Empresas e a iniciativa Startup Europe contribuíram para a internacionalização das PME.

Apesar de a Comissão ter executado muitas ações de apoio à internacionalização das PME, falta-lhes alguma coerência e coordenação. A Rede Europeia de Empresas cumpriu os seus objetivos, mas carece de mais visibilidade e cobertura em países terceiros. A iniciativa Startup Europe responde às necessidades das empresas em fase de arranque apenas a curto prazo e o seu acompanhamento e coordenação não são suficientes.

O Tribunal recomenda que a Comissão deve: aumentar a coerência e a sustentabilidade das ações, bem como a sensibilização para as mesmas; reforçar a visibilidade da Rede Europeia de Empresas, a sua cooperação com outros programas semelhantes e a cobertura geográfica; melhorar o acompanhamento e a eficácia a longo prazo da iniciativa Startup Europe.

Relatório Especial do TCE apresentado nos termos do artigo 287º, nº 4, segundo parágrafo, do TFUE.​